FGTS: Veja quem pode sacar 498 reais do saque imediato - cescontab - contabilidade cachoeiro

FGTS: Veja quem pode sacar 498 reais do saque imediato

O governo paga, desde o ano passado, novas opções de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo informações do governo, os trabalhadores que retiraram até R$500 podem, através do saque-imediato, sacar mais R$498 do fundo. O direito ao saque do adicional depende de quanto o beneficiário tinha na conta até 24 de julho de 2019. Em fevereiro, os pagamentos também serão feitos.

Para ter direito ao valor de R$498, o trabalhador precisava ter até R$998 na conta no dia 24 de julho. Já quem tinha até R$998 na conta em 24/07 e não sacou R$500, poderá sacar R$998,00 a mais por conta.

Quem tinha mais do que R$ 998 na conta no dia 24 de julho e já sacou R$ 500 não poderá sacar nenhum valor. Por fim, quem tinha mais de R$998 na conta em 24 de julho e não sacou, poderá sacar R$500.

Vale lembrar que só vai poder sacar quem tem até um salário mínimo (R$ 998). Se tivesse mais na conta, o limite de saque eram de R$ 500 mesmo e não será pago nenhum adicional. Os pagamentos são realizados pela Caixa Econômica Federal (CEF).

Os valores estarão disponíveis para saque pelo trabalhador até 31 de março de 2020. “A CAIXA seguirá a estratégia de atendimento que tem sido muito bem sucedida, inclusive com o modelo simplificado de pagamento, e atenderá com tranquilidade os mais de 10 milhões de trabalhadores que receberão valores complementares do Saque Imediato”, disse o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães.

Saques do FGTS

O valor de R$ 498 de pessoas que já resgataram R$ 500 ainda pode ser sacado por mais de 4 milhões de trabalhadores. O valor foi liberado em dezembro para aquecer a economia. Segundo a Caixa, quase 6 milhões de brasileiros já receberam a diferença.

Para saber se pode resgatar a grana, é preciso conferir o extrato do FGTS. Isso pode ser feito em qualquer agência da Caixa, ou pelo site www.fgts.gov.br ou pelo Aplicativo FGTS.

O saque da grana pode ser feito em agências da Caixa, em lotéricas e nos correspondentes Caixa. É necessário levar um documento de identificação. Quem possui o Cartão Cidadão pode fazer a retirada no caixa eletrônico. O trabalhador que aderiu ao saque imediato não perde o direito ao seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa.

Fonte: www.jornalcontabil.com.br

Compartilhar:
CIOT obrigatório para todos fretes - cescontab contabilidade

CIOT obrigatório para todos os fretes

A ANTT publicou a resolução nº 5.862 de 17 de dezembro de 2019 tornando obrigatório gerar o CIOT para todas as operações de transporte rodoviário remunerado de cargas. Assim, sempre que houver a contratação de frete o contratante deverá gerar o CIOT e informar o número no documento fiscal, a falta do número do CIOT no MDF-e gera multa de no mínimo 500,00.

Existe a possibilidade do contratante delegar a obrigatoriedade operacional de cadastramento da geração do CIOT à Empresa de Transporte Rodoviário de Cargas (ETC) ou à Cooperativa de Transporte Rodoviário de Cargas (CTC) contratada, fato que não o eximirá de suas obrigações e das penalidades previstas na Resolução ANTT nº 5.862, de 2019.

É importante não confundir o pagamento eletrônico de frete PEF com o CIOT. O cadastramento do frete no CIOT agora será exigido para todas as operações, porém, a exigência de utilizar o PEF ou depósito em contata para o pagamento do frete continua como era antes, só é obrigatório pra transportadores autônomos e transportadoras com até três veículos, os demais podem ser pagos por qualquer outro meio acordado entre as partes.

O sistema da ANTT irá validar o valor do frete com a tabela do piso mínimo e ampliar o poder de fiscalização da ANTT tendo em vista que é obrigatório autorizar dentro do xml dos documentos fiscais o acesso aos mesmo pela ANTT, alias confirma com o suporte do seu sistema se ele está fazendo isso automaticamente nos seus documentos e evite multas.

A multa por não gerar o CIOT é de R$ 5.000,00, fique atento e operacionalize isso na sua empresa. Se sua empresa contrata frete e ainda não está gerando o CIOT cadastre-se nas operadoras de pagamento eletrônico de frete e comece a gerar, a multa é salgada.

Compartilhar:
salario minimo 2020 - Cescontab contabilidade

Salário mínimo tem novo reajuste a partir de fevereiro de 2020

O salário mínimo teve novo reajuste a partir de 01 de fevereiro de 2020, conforme Medida Provisória 919 de 30 de janeiro de 2020. O novo valor passou a ser R$ 1.045,00 (mil e quarenta e cinco reais). O valor diário do salário mínimo
corresponderá a R$ 34,83 (trinta e quatro reais e oitenta e três centavos) e o valor horário, a R$ 4,75 (quatro reais e setenta e cinco centavos).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O novo reajuste foi necessário porque a inflação foi maior do que a projetada pelo governo no final do ano passado, sem essa correção o reajuste não cobriria a inflação e ficaria a abaixo.

Compartilhar: